PARAÍSO PERDIDO

ESTUDO SOBRE LITERATURA E DIREITO

  • Carlos Henrique Medeiros Costa
Palavras-chave: John Milton, Paraíso perdido, Hermenêutica, Fontes do direito

Resumo

Este artigo almeja encontrar a posição que pode ser ocupada pelos estudos literários no curso de Direito. Com esse objetivo, é feita uma análise de como a doutrina brasileira trata as fontes do direito e ao fazê-lo, como um ponto de vista literário pode ser colocado nesse campo do conhecimento. Procedendo para um panorama histórico de como o viés literário foi utilizado especialmente na Antiguidade Clássica e no medievo. Então culminando no exame da maneira que Paraíso Perdido, como exemplo, provê uma perspectiva ainda mais profunda sobre os escritos políticos de Milton, da mesma forma que por si só conseguiria apontar a mesma perspectiva. Para finalmente concluir a possibilidade de ser utilizada por juristas, pois ela, a literatura pode fornecer um olhar único sobre hermenêutica e Direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-07-30
Como Citar
MEDEIROS COSTA, C. PARAÍSO PERDIDO. Revista de Estudos Jurídicos do UNI-RN, n. 2, p. 148, 30 jul. 2019.
Edição
Seção
Artigos