A FALTA DE INVESTIMENTO NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE

UM ESTUDO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL

  • Ana Júlia Fernandes Morais Ferreira
  • João Batista Machado Barbosa
Palavras-chave: Gestão ambiental, Lei n° 12.305/10, Meio ambiente, Preservação ambiental, Resíduos sólidos

Resumo

Os resíduos sólidos na região Metropolitana de Natal no Estado do Rio Grande do Norte representam uma antiga falha do Estado de investir em projetos de preservação do meio ambiente através de processos de reciclagem e reutilização de resíduos. Para tanto, este trabalho se propõe a um estudo sobre o consumo e descarte dos resíduos na cidade, além da forma de coleta e transformação desses materiais; na tentativa de diminuição da poluição. Feito isso, procura-se apresentar a importância do Município como ente responsável, juntamente com cooperativas e associações, na implantação e criação dos meios de administração dos resíduos sólidos; além da participação na conscientização da sociedade em realizar a seleta dos resíduos. Fomenta-se assim a construção social do Município como instrumento para a preservação do meio ambiente, assim como a geração de mão de obra e renda nas possíveis atividades e trabalhos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-07-30
Como Citar
FERNANDES MORAIS FERREIRA, A.; BATISTA MACHADO BARBOSA, J. A FALTA DE INVESTIMENTO NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE. Revista de Estudos Jurídicos do UNI-RN, n. 2, p. 7, 30 jul. 2019.
Edição
Seção
Artigos