QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

O DESAFIO DO AUTOCUIDADO

  • Thalita Fontoura Rodrigues
  • Anna Waleska Nobre Cunha de Menezes
Palavras-chave: Enfermagem, Trabalho, Vida, Bem-estar

Resumo

Evidencia-se na literatura a qualidade de vida dos profissionais de saúde relacionada com o
bem-estar e a satisfação do profissional em executar suas tarefas. Este estudo trata-se de uma
pesquisa qualitativa, sendo um estudo exploratório por meio de revisão integrativa, iniciada
no mês de agosto de 2016. Até junho de 2017 foram realizadas pesquisas nos artigos disponíveis
integramente nas bases de dados cientificas em saúde: Biblioteca de pesquisa ProQuest,
saúde e medicina, Scientific Eletronic Library Online (SCIELO), Literatura internacional em
ciência da saúde (LILACS). Detectou-se que influenciam na qualidade de vida dos enfermeiros
focam-se os aspectos físicos, psíquicos e sociais, que esta alteração no padrão do sono, estar
relacionada aos aspectos físicos e psíquicos. Diante desta pesquisa é visível que é extremamente
necessário um novo olhar para o enfermeiro que pela sua responsabilidade profissional
está sinalizando por atenção, acolhimento, respeito, dialogo, zelo, e que desejam ser também
cuidados para que possam desenvolver seu trabalho de forma eficiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-30
Como Citar
Fontoura Rodrigues, T., & Nobre Cunha de Menezes, A. (2019). QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM. Revista UNI-RN, 19(2), 142. Recuperado de http://revistas.unirn.edu.br/index.php/revistaunirn/article/view/641
Seção
Artigos